Archive for the ‘Drama’ Category

h1

Noites de Tormenta

dezembro 26, 2008

noitesdetormentaDrama romântico baseado no best-seller de Nicholas Sparks, mesmo autor de obras que inspiraram os filmes Diário de uma Paixão e Um Amor para Recordar. Noites de Tormenta, conta com o casal de protagonistas que contracenou junto no polêmico Infidelidade. Diane Lane interpreta Adrianne Willis, mulher traída e abandonada pelo marido, que busca refúgio na pousada de uma amiga que está viajando e não pode tomar conta do local. É lá que Adrienne procura a tranqüilidade que precisa para pensar que rumo dar à sua vida que está um caos.

Infelizmente (ou felizmente, no caso do filme), pouco depois de Adrienne chegar na pousada ouve a previsão de uma terrível tempestade que está chegando na cidade. Para ajudar, a pousada, que até então estava vazia, recebe um hóspede, o Dr. Paul Flanner, interpretado por Richard Gere, eterno Edward, de Uma Linda Mulher. Ao contrário de Adrienne, Paul não está na cidade a descanso, e sim para enfrentar uma crise de consciência que envolve sua vida profissional.

Com a chegada da tempestade, os dois são obrigados a passarem a noite juntos em meio à tormenta. O que os obriga a se conhecerem melhor e buscarem consolo um no outro em um final de semana que mudou para sempre o rumo de suas vidas.

Noites de Tormenta não tem o final diferente das demais obras de Sparks (ouviam-se soluços durante quase toda a sessão). Porém, o filme trata de recomeço. Nos ensina a viver após grandes perdas e decepções. Sem dúvida, uma grande lição de vida.

Pra quem não gosta desses romances estilo “Sabrinas”, recomendo que assista o filme só pelo cenário incrível e pela fotografia maravilhosa.

As músicas no decorrer do filme não chamam muito a atenção. Porém, o trailer traz uma obra musical incrível de Gavin Rossdale, vocalista e guitarrista da banda inglesa Bush; Love Remains the Same. Segue o trailer legendado do filme para vocês darem uma conferida:

Minhas noites de tormenta acabaram. Até que enfim! Estou preparada para começar 2009 novinha em folha. Infelizmente, nem tudo na vida tem uma segunda chance. Mas assistir o filme nos mostra que a vida é muito curta e que devemos curtir cada momento como se fosse o último, sem pensar no que possa vir depois. Sugiro que assistiam!

“Há um tipo de amor que nos faz pensar que tudo é possível. Você pode ter um amor assim.”

Anúncios
h1

Doce Novembro

novembro 28, 2008

doce-novembro1Filme que foge totalmente dos romances água-com-açúcar norte-americanos, onde a mocinha pobre fica com o mocinho rico que conheceu no colegial. Doce Novembro é dono de uma sintonia perfeita entre atores, música, cenário e cria um clima mágico que qualquer pessoa gostaria de viver.

O filme conta a história de Nelson Moss (interpretado por Keanu Reeves, ator de beleza, sorriso e talento indiscutíveis), um publicitário que vive pro trabalho e não faz nada além disso. Até conhecer Sara Deever (a lindíssima e oscarizada Charlize Theron) que, depois de brigas e desavenças, lhe faz a proposta de viverem juntos durante um mês. Sara usa como argumento a vontade que tem de ajudá-lo a viver a vida intensamente, sem ficar pensando somente no trabalho. Sara se considera tudo que Nelson perdeu e esqueceu na vida e o ajuda a recuperar da forma mais simples.

– Por que um mês?
– Porque é pouco tempo para se apaixonar, mas tempo o suficiente para acontecer algo inesquecível.

O filme trabalha os sentimentos que mais nos assombram hoje em dia como a escassez de tempo, excesso de trabalho, preocupações, engarrafamento, etc. Ele nos mostra que lidar com eles é mais fácil do que imaginamos. Que podemos encontrar a felicidade e a harmonia em coisas simples como na cena em que Nelson e Sara passeiam com cachorros na praia, ou em que ele a surpreende no meio da rua com várias rosas, enfim… O filme nos ensina a felicidade através das pequenas coisas da vida.

Romântico, tocante, fofo, sensível e nos ensina várias lições de como ser feliz de forma simples. Vale a pena assistir (não esquecendo do lencinho).

Doce Novembro possui uma trilha sonora impecável que, como mencionei acima, tem sintonia total com o resto do filme:

01. Amanda Ghost – Cellophane
02. Enya – Only Time
03. BT – Shame
04. Stevie Nicks – Touched By an Angel
05. K.D. Lang – Consequences of Falling [Lenny B. Remix] [Mix]
06. Paula Cole (merece destaque) – Heart Door
07. Tegan and Sara – My Number
08. Barenaked Ladies – Off the Hook
09. Robbie Williams – Rock DJ (vale a pena assistir o clipe)
10. Jackie Wilson – Baby Workout
11. Tracy Dawn – You Deserve to Be Loved
12. Celeste Prince – Wherever You Are
13. Bobby Darin – Other Half of Me

Não encontrei link para o download da trilha completa. Mas as músicas podem ser baixadas individualmente em qualquer site ou programa adequado para isso.

O tema principal do filme é Only Time da cantora Enya. Enya é a cantora de New Age de maior destaque musical. A New Age surgiu na década de 60 com o objetivo de retratar uma conexão do ser humano com a alma, fazendo nosso espírito ter uma conexão direta com a música. Super profundo e tudo a ver com o filme. Impossível ouvir e não sentir um arrepio. Para baixar, basta clicar aqui.

Bom, a disciplina pra qual eu fiz o blog está acabando. Não preciso mais postar em troca de nota. Ainda não sei que rumo dar ao Sonoplastia. Não sei se páro, se continuo, se continuo com um modelo diferente do que venho fazendo até agora, enfim… Vamos aguardar, né? Afinal de contar, o post de hoje foi bem espontâneo. Espero que venham outros assim.

Nem tão doce assim…

Já estamos em novembro. O ano passou muito rápido. Infelizmente, o meu novembro não foi tão doce quanto o do filme. Pra falar a verdade, meu novembro foi péssimo em todos os sentidos: na área sentimental, profissional, universitária, pessoal e física. Aliás, novembro é o mês em que entro no meu inferno astral. Queria não acreditar nessas coisas, mas os dias anteriores ao meu signo são sempre complicados.

O ano está chegando ao fim e nem tive tempo de parar para analisar todas as coisas que fiz no decorrer de 2008. Parece que foi ontem que iniciei o blog para a disciplina de Jornalismo Online I. Nem tive tempo de conhecer os colegas, muito menos lembro da fisionomia ou do nome da maioria deles. A rapidez com que o tempo passa me assusta. Sempre foi motivo de pânico pra mim. Da mesma forma que o tempo significa amadurecimento, crescimento, pode significar solidão, saudade e outros sentimentos bastante doloridos.

Se novembro não foi bom pra vocês (e isso me inclui), tenho certeza de que dezembro será. É final de ano, estamos perto do Natal. Época de se desculpar, perdoar, amar, deixar ser amado, ser feliz…

Então, até a próxima, seja lá qual for o formato do meu próximo post (se houver próximo post).

“Deixe-me ser seu doce novembro…”

h1

Closer – Perto Demais

outubro 24, 2008

Algumas pessoas escolhem o filme pelo elenco, outros pelo diretor, há até quem selecione na prateleira da locadora o filme que vai assistir somente pela capa. Quando li a sinopse de Closer – Perto Demais, juro que não chamou minha atenção (exceto pelo elenco maravilhoso).

Um dia estava fazendo alguma outra coisa enquanto a televisão estava ligada passando um programa sobre cinema quando, de repente, uma música me chamou a atenção: “And so it is/Just like you said it would be…”. Foi quando fixei os olhos e os ouvidos na tv. Estava passando o trailer de Closer – Perto Demais. Quando ouvi a voz de Damien Rice, percebi que precisava assistir aquele filme.

Rice ficou famoso quando sua música, The Blower’s Daughter, estourou nas paradas depois de tocar no filme. O músico irlandês tenta, desde cedo, expressar sua melancolia através da música. Uma das características mais marcantes do cantor é o fato de ele detestar o sucesso! O astro mesmo diz que o dinheiro só o deixa mais distante de seus amigos. A mesma coisa com a fama. Ele diz que não quer ser famoso, pois não é uma celebridade. Talvez por Damien se considerar tão confuso, melancólico, tímido e complicado é que o público tenha tanto carinho por ele.

Bom, como se não bastasse a música incrível, o trailer ainda conta com frases impactantes como “Quem acredita em amor à primeira vista nunca pára de procurar”, “O amor é um acidente esperando para acontecer” ou “A intimidade é uma mentira que contamos a nós mesmos”. A partir disso já dá pra saber do que o filme se trata.

Closer – Perto Demais, conta a história da fotógrafa Anna (Julia Roberts) que se divorciou recentemente e acaba se envolvendo com Dan (Jude Law). Porém, Anna se casa com Larry (Clive Owen), mas continua mantendo um relacionamento secreto com Dan. Dan, por sua vez, mantém um relacionamento com Alice (Natalie Portman) para ganhar confiança e tentar reconquistar Anna. Paixão, drama e abandono marcam a história desse filme que eu aconselho assistir!

Trilha sonora

Montada por Steven Patrick Morrissey, a trilha sonora do filme ainda conta com a presença de músicos e compositores brasileiros. Além, é claro, do incrível Damien Rice. Segue a lista completa das músicas que compõe a trilha sonora do filme:

01. Damien Rice – The Blower’s Daughter
02. Lisa Hannigan – Cold Water
03. Elisabeth Schwarzkopf, Nan Merriman e Sesto Bruscantini  – Oh, Dei, come veloce se ne va quella barca!
04. Elisabeth Schwarzkopf, Nan Merriman e Sesto Bruscatini  – Soave sia il vento
05. London Metropolitan Orchestra – La Cenerentola
06. bebel Gilberto – Samba Da Benção
07. Bebel Gilberto – Tanto Tempo
08. Bebel Gilberto – Mais Feliz
09. The Devlins – World Outside
10. MIDIval PunditZ – Dark Escape
11. Prodigy – Smack My Bitch Up
12. The Smiths – How Soon Is Now?
13. Renée Fleming, Anne Sofie von Otter, Frank Lopardo, Olaf Bär e Michele Pertusi – Bella vita militar!
14. Renée Fleming, Anne Sofie von Otter, Frank Lopardo, Olaf Bär e Michele Pertusi  – Non v’e piu tempo, anici
15. Renée Fleming, Anne Sofie von Otter, Frank Lopardo, Olaf Bär e Michele Pertusi – Di scriverni ogni giorno
16. Renée Fleming, Anne Sofie von Otter, Frank Lopardo, Olaf Bär e Michele Pertusi  – Eccovi il medico, signore belle!
17. Renée Fleming, Anne Sofie von Otter, Frank Lopardo, Olaf Bär e Michele Pertusi  – Dammi un bacio, o mio tesoro
18. Suzanne Veja – Caramel

Quem tiver interesse em baixar a trilha completa do filme basta acessar o site da RapidShare. Eu aconselho!