h1

Noites de Tormenta

dezembro 26, 2008

noitesdetormentaDrama romântico baseado no best-seller de Nicholas Sparks, mesmo autor de obras que inspiraram os filmes Diário de uma Paixão e Um Amor para Recordar. Noites de Tormenta, conta com o casal de protagonistas que contracenou junto no polêmico Infidelidade. Diane Lane interpreta Adrianne Willis, mulher traída e abandonada pelo marido, que busca refúgio na pousada de uma amiga que está viajando e não pode tomar conta do local. É lá que Adrienne procura a tranqüilidade que precisa para pensar que rumo dar à sua vida que está um caos.

Infelizmente (ou felizmente, no caso do filme), pouco depois de Adrienne chegar na pousada ouve a previsão de uma terrível tempestade que está chegando na cidade. Para ajudar, a pousada, que até então estava vazia, recebe um hóspede, o Dr. Paul Flanner, interpretado por Richard Gere, eterno Edward, de Uma Linda Mulher. Ao contrário de Adrienne, Paul não está na cidade a descanso, e sim para enfrentar uma crise de consciência que envolve sua vida profissional.

Com a chegada da tempestade, os dois são obrigados a passarem a noite juntos em meio à tormenta. O que os obriga a se conhecerem melhor e buscarem consolo um no outro em um final de semana que mudou para sempre o rumo de suas vidas.

Noites de Tormenta não tem o final diferente das demais obras de Sparks (ouviam-se soluços durante quase toda a sessão). Porém, o filme trata de recomeço. Nos ensina a viver após grandes perdas e decepções. Sem dúvida, uma grande lição de vida.

Pra quem não gosta desses romances estilo “Sabrinas”, recomendo que assista o filme só pelo cenário incrível e pela fotografia maravilhosa.

As músicas no decorrer do filme não chamam muito a atenção. Porém, o trailer traz uma obra musical incrível de Gavin Rossdale, vocalista e guitarrista da banda inglesa Bush; Love Remains the Same. Segue o trailer legendado do filme para vocês darem uma conferida:

Minhas noites de tormenta acabaram. Até que enfim! Estou preparada para começar 2009 novinha em folha. Infelizmente, nem tudo na vida tem uma segunda chance. Mas assistir o filme nos mostra que a vida é muito curta e que devemos curtir cada momento como se fosse o último, sem pensar no que possa vir depois. Sugiro que assistiam!

“Há um tipo de amor que nos faz pensar que tudo é possível. Você pode ter um amor assim.”

2 comentários

  1. Tua observação postada é muito pertinente. Assisti dezenas de vezes ao “Uma Linda Mulher” e reassistirei outras dezenas de vezes. Vi duas vezes também ao “Infidelidade”. Achei um mega filme por causa do tamanho do drama e do surpreendente perdão dele. O Richard Gere é demais. Um dos melhores atores da antiga ainda em atividade, e, fazendo bons filmes. Te agradeço pela dica porque este tipo de filme sempre me ajuda em função das coisas que tu já sabes. Eles não me curam, porém mexem comigo, me tocam, me emocionam, e eu acabo ganhando uma, duas ou três semanas de muita paz e serenidade para encarar os nossos dias. Procurarei para vê-lo. Parabéns pela qualidade do teu texto em gramática, concordância, tudo. E sempre obrigado pela tua atenção.

    Um forte abraço à Natacha Kötz.


  2. eu gostava tanto desse blog.
    pq será que a dona não atualizou mais?



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: